Como evitar o choro na hora do corte de cabelo das crianças?

Um dos momentos mais difíceis na vida de uma mãe é levar o bebê para cortar os cabelos, principalmente se o pequeno é daqueles que dão um “show” no quesito chororô. O primeiro corte deve ser feito quando a franja começa a cobrir os olhos, então chegou o momento de visitar o cabeleireiro.

O ideal é levar a criança em um salão específico para a mesma, pois os profissionais estão preparados, pelo menos psicologicamente, para o momento. Estes lugares possuem brinquedos, cadeiras em forma de carrinhos, DVD`s infantis, todo um aparato para distrair os pequeninos em uma hora tão tensa.

O medo da tesoura, de um estranho, do barulho das máquinas e secadores é normal. Além de que para a crianças cortar o cabelo é o mesmo que tirar parte delas, e apesar de sabermos que não dói o que nossos olhos veêm é mais valorizado.

Existem aquelas que vão com prazer ao cabeleireiro, mas se o seu filho não é destes não desespere, aqui vão algumas dicas de como acalmá-lo para esta hora.

Ao chegar ao salão deixe que ele se familiarize com as  pessoas e o local, deixar que ele veja a mamãe ou o papai cortando os cabelos é outra boa estratégia, se tiverem outras crianças no salão é melhor que ele veja apenas as que não estão em prantos, para não se assustar.

Não insista para que ele se assente sozinho na cadeira na hora do corte, se não quiser sentar nos carrinhos, coloque-o no seu colo, ou se for preciso mesmo em pé, dê segurança á criança. E o mais importante, se começar o chororô não saia correndo com o pequeno, o corte deve ir até o final para que ele entenda que isso é necessário.

Sabemos que o momento pode ser de muito stress, mas tudo deve ser feito com carinho e com o máximo de paciência possível por parte dos pais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *